Área Pública
»

Página Inicial

Comissão Pedagógica
Escolas Associadas e Entidades Parceiras
Estutura do Centro
Formulários
Inquéritos
Publicações e Recursos
Legislação
Centros de Formação
Contactos do Nova Ágora

Ação de Formação
 

Curso de Formação - PERCURSO(S) NAS CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO: 1.º CICLO DE CONFERÊNCIAS




Todas as informações disponíveis AQUI

Inscreva-se AQUI

Palácio Sacadura Botte - Coimbra

Início a 18 de novembro de 2017


 


AÇÃO DE CURTA DURAÇÃO - A aprendizagem das células: biologia reprodutiva e células estaminais




Todas as informações disponíveis AQUI

Inscreva-se AQUI até às 12h00 do dia 16 Nov. 2017

Centro de Neurociências e Biologia Celular, Universidade de Coimbra

20 e 22 de Novembro, das 18h às 20h


 


Ação de curta duração - MANUEL ANTÓNIO PINA – Pensar de Pernas para o Ar




Todas as informações disponíveis AQUI

Inscreva-se AQUI

Coimbra

11 e 18 de novembro de 2017


 


PLANO DE FORMAÇÃO DO NOVA ÁGORA - CFAE 2016-2019






Consulte o pdf



 

 
APD01-1 - Curso de formação em Teatro III: O JOGO DA CIRCUNSTÂNCIA

Nº ACREDITAÇÃO: 87464/16

Formadores
 
Leonor Barata **


 
Local de Realização
  Teatro-estúdio Bonifrates (Casa Municipal da Cultura de Coimbra)
 
N.º de Horas

   Presenciais:
 Não Presenciais:
 
Calendarização
  Calendário alterado:
29 outubro (sábado, 9h30-13h00 e 14h00-17h30);
19 de novembro (sábado, 9h30-13h30);
10 de dezembro (sábado, 9h30-13h30 e 14h30-19h30);
17 de dezembro (sábado, 9h00-14h00).
 
Modalidade
  Curso de Formação
 
Destinatários/Público Alvo
  PESSOAL DOCENTE: Educadores de Infância e professores do Ens. Básico e do Ens. Secundário
 
Objetivos
  Este Curso de Formação visa contribuir para a formação dos docentes que orientam grupos e projectos de teatro e expressão dramática nas escolas. Trata-se de um curso fundamentalmente prático e visa proporcionar aos formandos uma experiência de criação, exploração e organização da acção teatral com particular enfoque no trabalho do actor a partir das noções de corpo-identidade, história-objectivo e sub-texto-acção.

Para além de rudimentos técnicos para a preparação do actor (exercícios dos binómios corpo-ideia, corpo-texto, corpo-movimento, corpo-voz) pretende-se explorar circunstâncias de afirmação e conflito teatral a partir de estímulos de improvisação com vista à construção de situações de jogo-cena teatral que serão estruturadas num guião dramatúrgico com vista ao exercício final que será apresentado publicamente.

O Curso de Formação é o terceiro módulo de formação nesta área, em articulação com a Mostra de Teatro Escolar de Coimbra, uma iniciativa coorganizada pelo Centro de Formação Nova Ágora, em que participam a maioria das escolas associadas deste CFAE, para além de outras escolas de Coimbra e da região. O projeto de formação é apoiado pela Fundação Calouste Gulbenkian, no âmbito do programa “Atividades Culturais e Científicas Circum-Escolares 2016”.

São objetivos específicos:

— Contribuir para o conhecimento e o gosto pelo Teatro;

— Proporcionar ensinamentos técnicos sobre presença, expressividade, discurso integrado do corpo-voz-texto, espaços de comunicação e de interlocução e criação de cena através de exercícios de prática teatral;

— Explorar vários tipos de enunciação, comunicação, expressão e representação a partir de exercícios práticos de teatro

— Promover uma reflexão prática sobre estratégias e mecanismos para o incentivo à prática teatral em ligação a processos de aprendizagem dos alunos.

— Desenvolver um exercício de teatro a apresentar publicamente

 
Conteúdos
  1. O(s) lugar(es) do teatro (3 horas)
- contextos de prática teatral: do exercício à apresentação pública; da sala de aula ao palco
- estratégias de interlocução e comunicação: espaço de acção, interlocutores internos e externos, público

2. Exercícios de preparação técnica (4 +3 horas)
- o corpo-presente: eixos de superficialidade e profundidade
- a voz como matéria e como corpo;
- a palavra: concretude, polissemia, desentendimento
- circunstância, situação, sub-texto e necessidade
- o texto como fala de um corpo
- o corpo-voz-texto como uma relação integrada

3. Mecanismos de apropriação do texto - abordagem dramatúrgica e corporal da fala (4 +3 horas)
- leitura: descodificação, informação e conhecimento
- impulso, intuição e imagem
- interpretação: sentidos do texto e sentidos da enunciação/representação
- memorização e organização mental
- situação espacial e acção

4. Factores de representação (4 horas)
- naturalidade e artifício (expressão e composição)
- a organização mental e o sub-texto
- a partitura de acções
- estratégias de artifício

Apresentação do exercício de teatro (4 horas)
 
Metodologia
  — Este curso de formação terá a duração de 25 horas presenciais
— Os conteúdos mencionados serão abordados de forma não sequencial e desenvolvidos em função da resposta do grupo;
— A presença em todas as sessões é determinante para uma apropriação orgânica aos conteúdos;
— Trata-se de um curso prático onde se utilizarão metodologias da natureza teatral transitando entre a realização de exercícios (disponibilidade, consciência e presença corporal; exploração vocal; texto dito; apropriação espacial; contra-cena; partitura de acções) e a reflexão sobre a prática;
— Os conteúdos da formação serão adaptados aos conhecimentos e necessidades expressos pelos participantes na relação com os tópicos propostos;
— O formador proporcionará aos formandos, no primeiro dia, um conjunto de textos-suporte para a acção de formação;
— Os participantes deverão, igualmente, levar, desde a primeira sessão, um texto e uma imagem (fotografia, pintura, escultura, recorte de jornal...) que, por motivos de gosto pessoal ou de relação com as matérias que leccionam habitualmente, queiram ver abordados no curso enquanto suporte para o exercício teatral;
— O trabalho individual exerce-se em grupo pelo que é fundamental a presença assídua de todos os participantes;
— Os participantes devem trazer roupa/calçado confortável, papel e lápis;
— Finalizada a acção, os formandos devem elaborar, no espaço de quinze dias, um relatório individual com carácter de reflexão sobre as problemáticas, metodologias e resultados alcançados.
 
Creditação
  1 crédito
 
Observações
  Em articulação com a Mostra de Teatro Escolar de Coimbra, esta formação é apoiada pela Fundação Calouste Gulbenkian, no âmbito do programa “Atividades Culturais e Científicas Circum-Escolares 2016”.

* SÍLVIA BRITO é actriz e encenadora. Licenciada em História (Faculdade de Letras, Universidade Clássica de Lisboa), iniciou a actividade teatral no Cénico de Direito (1985), integrou o elenco do Teatro Nacional D. Maria II (1990-92) e de A Escola da Noite - grupo de teatro de Coimbra. Fundou, com António Jorge, a Razões Poéticas - associação informal de artes. Colabora actualmente com a CTB-Companhia de Teatro de Braga. Tem dirigido várias acções de formação teatral para jovens actores, actores amadores e estudantes de teatro, alunos e professores do ensino secundário e universitário e público em geral.

** LEONOR BARATA é licenciada em Filosofia pela Universidade de Coimbra e completou a pós graduação em Estudos Artísticos na mesma instituição.
Fez a sua formação em dança no Forum Dança onde foi aluna de Howard Sonnenclair, Francisco Camacho, Madalena Vitorino, André Lepecki, Thierry Bae, entre outros.
Foi intérprete em vários espectáculos de dança e de teatro. Desde 2000 desenvolve grande parte do seu trabalho na área da Pedagogia Artística tendo sido colaboradora regular de várias instituições como formadora (Centro Cultural de Belém, CENTA, A Moagem, Centro Cultural Vila Flor) e tendo criado vários espectáculos para o público jovem: “A Menina do Mar” (2004), “Pretas e Vermelhas Penduradas nas Orelhas” (2007).
Criou o “Projeto Poético”, dedicado à poesia contemporânea portuguesa. Encenou “Vitral”, para o TEUC, a partir de Gil Vicente, e “Abril 2014”, para a Semana Cultural da Universidade de Coimbra. Criou e interpretou “Ver a Odisseia para chegar a Ítaca”, a partir da Odisseia de Homero, ainda em digressão. Interpreta “Revisitar”, visita guiada ao Museu Grão Vasco, em Viseu.
Atualmente é diretora da companhia Projecto D – Pedagogia e Criação Artísticas.

PERÍODO DE INSCRIÇÃO: de 24 setembro a 10 de outubro de 2016
PRIORIDADES DE SELEÇÃO: 1.ª Docentes responsáveis pelos grupos de teatro participantes na Mostra de Teatro Escolar de Coimbra, em distribuição proporcional; 2.º Docentes de escolas associadas do Nova Ágora - CFAE e CFAE Minerva, interessados em projectos de teatro e expressão dramática nas escolas, em distribuição proporcional, por ordem de inscrição; 3.º Outros docentes, por ordem de inscrição.

OUTRAS OBSERVAÇÕES:
1 - N.º máximo de formandos a selecionar: 20
2 - Só serão consideradas válidas as inscrições no âmbito das prioridades de seleção definidas (consultar PRIORIDADES DE SELEÇÃO)
3 - A inscrição on line é uma pré-inscrição a qual só é validada com a confirmação dos dados nos serviços administrativos da escola do docente/não docente e com a aceitação da ficha de inscrição pelo CFAE.
4 - Deve verificar a sua seleção, no prazo indicado, na página do CFAE. Os inscritos não selecionados não serão contactados.
5 - Em caso de número insuficiente de inscrições, o CFAE reserva-se o direito de cancelar a formação;
6 - A calendarização pode vir a sofrer alterações;
7 - A inscrição na formação pressupõe a aceitação de que, para efeitos dos procedimentos relacionados com a formação, será prioritariamente notificado(a) através de correio eletrónico.
 
Avaliação
  Avaliação quantitativa de cada formando expressa numa escala de 1 a 10 valores, nos termos da Carta Circular CCPFC - 3/2007, de Setembro de 2007, com base nos seguintes parâmetros e ponderação:

PARTICIPAÇÃO GERAL – frequência, qualidade e oportunidade da participação nas atividades e no enriquecimento do processo formativo – 40 %

EXERCÍCIO DE TEATRO - qualidade e originalidade do exercício em função do trabalho desenvolvido na formação - 30 %

RELATÓRIO – correcção, coerência interna, referências teóricas a partir do Curso e pendor reflexivo aplicado ao respetivo contexto escolar – 30 %
 
Avançar