Área Pública
»

Página Inicial

Comissão Pedagógica
Escolas Associadas e Entidades Parceiras
Estutura do Centro
Formulários
Inquéritos
Publicações e Recursos
Legislação
Centros de Formação
Contactos do Nova Ágora

Ação de Formação
 

Curso de Formação - PERCURSO(S) NAS CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO: 1.º CICLO DE CONFERÊNCIAS




Todas as informações disponíveis AQUI

Inscreva-se AQUI

Palácio Sacadura Botte - Coimbra

Início a 18 de novembro de 2017


 


AÇÃO DE CURTA DURAÇÃO - A aprendizagem das células: biologia reprodutiva e células estaminais




Todas as informações disponíveis AQUI

Inscreva-se AQUI até às 12h00 do dia 16 Nov. 2017

Centro de Neurociências e Biologia Celular, Universidade de Coimbra

20 e 22 de Novembro, das 18h às 20h


 


Ação de curta duração - MANUEL ANTÓNIO PINA – Pensar de Pernas para o Ar




Todas as informações disponíveis AQUI

Inscreva-se AQUI

Coimbra

11 e 18 de novembro de 2017


 


PLANO DE FORMAÇÃO DO NOVA ÁGORA - CFAE 2016-2019






Consulte o pdf



 

 
APD06-1 - Oficina de Formação de Professores em Empreendedorismo

Nº ACREDITAÇÃO: 88259/16

Formadores
 



 
Local de Realização
  Escola Secundária D. Duarte
 
N.º de Horas

   Presenciais:
 Não Presenciais:25
 
Calendarização
  14 de Novembro
09 de Janeiro
30 de Janeiro
13 de Fevereiro
6 de março
20 de Março
24 de abril
15 de Maio

Das 18:00 às 21:00 horas
 
Modalidade
  Oficina de Formação
 
Destinatários/Público Alvo
  PESSOAL DOCENTE: professores do 3.º CEB e do ensino secundário e profissional
 
Objetivos
  • Sensibilizar os formandos para a importância, pertinência e utilidade do empreendedorismo no mundo atual;
• Familiarizar os formandos com o modelo de formação utilizado, “learning by doing”;
• Promover atividades que permitam desenvolver e descobrir o espírito empreendedor;
• Distinguir, de modo fundamentado, os diferentes métodos e estratégias utilizados;
• Permitir a utilização de novas competências pedagógicas a utilizar na elaboração de programas e planificação de aulas;
• Utilizar adequadamente, através de simulação, os dispositivos metodológicos;
• Implementar estratégias para ajustar e alcançar objetivos empreendedores;
• Desenvolver, nos formandos, capacidade de facilitadores em empreendedorismo.
• Implementar junto dos seus alunos atividades e dinâmicas formativas associadas à temática do empreendedorismo.
 
Conteúdos
  SESSÕES DE TRABALHO PRESENCIAL (25 HORAS)

Bloco I - Introdução à temática do empreendedorismo e suas implicações. (6 horas)
Atividades de “descoberta do grupo” para a criação um ambiente de confiança e partilha entre os formandos e autoavaliação acerca das suas características empreendedoras.
Atividades “anatomia do empreendedor” - o perfil e características de um empreendedor.
Sensibilização para a importância do empreendedorismo no século XXI. A compreensão do papel dos empreendedores na sociedade,

Bloco 2 - A criatividade e inovação no processo empreendedor. (7 horas)
Atividades de geração de ideias (“Processo Walt Disney” e o brainstorming).
Preparação da atividade “empreendedor por 1 dia”.

Bloco 3 - A educação em empreendedorismo (ponto de situação e oportunidades) (7 horas)
Atividade “almoço com empreendedores”
Introdução ao modelo de ensino do empreendedorismo - “Modelo de ensino da CGI - atividades para a compreensão do modelo e suas diferentes fases.

Bloco 4 - O empreendedorismo em sala de aula (5 horas)
Construção de atividades de Empreendedorismo utilizando o modelo de ensino/aprendizagem da CGI.
Análise da realidade nacional e internacional do ensino do empreendedorismo e compreenderão as enormes oportunidades de incluírem estas temáticas nos seus planos de atividades.
Debate com os formandos acerca do desenvolvimento do curso e avaliação da formação

SESSÕES DE TRABALHO AUTÓNOMO (25 HORAS)

Bloco 5 - Da teoria à prática (25 horas)
Neste bloco pretende-se que os docentes depois da sua formação em “contexto convencional” sejam capazes de aplicar junto dos seus alunos atividades sobre esta temática. Neste processo, que decorrerá ao longo do ano letivo, os professores serão acompanhados pelos respetivos formadores que irão monitorizar o processo de formação. Pressupõe-se que, nesta oficina, os docentes consigam preparar e formar os seus alunos sobre a necessidade e pertinência de se ser empreendedor no futuro. Este bloco pretende que os docentes mobilizem os conteúdos que foram aprendidos ao longo das sessões teóricas. No final deste bloco a Oficina de Formação terminará com um concurso de ideias para os alunos…
Cada Docente terá que dinamizar 10 sessões de empreendedorismo com os seus alunos. Cada sessão terá a duração de 90 minutos. Nestas sessões os professores terão acesso a materiais pedagógicos de apoio. Nestas sessões os professores têm como objetivo central desmistificar a temática do empreendedorismo e procurar incutir nos alunos o espírito empreendedor. Estas sessões serão dinamizadas de acordo com o edital do ME- DGIDC para o empreendedorismo.
Posteriormente, cada grupo turma (com o professor) terá que dinamizar um momento final do projeto. Este momento pretende ser demonstrativo das aprendizagens efetuadas. De modo exemplificativo e demonstrativo poderão ser realizadas mostras de trabalhos, feiras de mini - empreendedores, concursos de ideias, entre outros eventos que possam vir a ser entendidos pelos docentes como pertinentes.
 
Metodologia
  SESSÕES DE TRABALHO PRESENCIAL (25 HORAS)

As sessões serão essencialmente teórico-práticas e práticas. Serão utilizados os métodos expositivo, interrogativo e ativo, recorrendo às seguintes metodologias: Dinâmica de Grupo; Debate; Exposição Oral; Trabalho colaborativo; Trabalho Individual; Tentativa e Descoberta; Interação; Trabalho de Campo; Análise de dados.
Neste primeiro momento os professores serão colocados perante um conjunto de situações e realidades que pretendem sensibilizá-los para a importância do empreendedorismo nos dias de hoje. Terão um contacto mais profundo acerca do empreendedorismo sua origem e evolução (conceitos e práticas).
Os professores terão também oportunidade de compreender a importância da temática para a escola enquanto organização. Os professores irão ser confrontados com um conjunto de informação que os irá ajudar a perceber a importância de desde muito cedo começar a fazer nesta temática aos alunos.

SESSÕES DE TRABALHO AUTÓNOMO (25 HORAS)

Este momento da formação irá acontecer em contexto real (atividades letivas com os alunos). Esta fase eminentemente prática e de aplicação dos conteúdos e ferramentas aprendidas nas sessões presenciais consistirá na exposição da temática a 1 turma pré-selecionada pelo professor.
O professor desenvolverá um conjunto de sessões sobre empreendedorismo em que se pretende que os alunos consigam compreender o conceito e a temática e desenvolver pequenas atividades empreendedoras em que irão testar as suas capacidades. Nesta segunda fase, o professor será acompanhado, em alguns momentos, pelos formadores, sendo este um aspeto essencial da oficina.

O professor será também o dinamizador de um momento final de demonstração de aprendizagens, que resultará numa mostra de atividades e trabalhos desenvolvidos.
 
Creditação
  2 créditos
 
Observações
  Ação de Formação em parceria com a CIM da região de Coimbra, os CFAE abrangidos e a GesEntrepeneur

PERÍODO DE INSCRIÇÃO: até 24 de outubro de 2016 (prolongado até 9 de novembro)

PRIORIDADES DE SELEÇÃO: 1.ª Professores do 3.º CEB e do ensino secundário e profissional dos concelhos definidos - Condeixa-a-Nova (3 vagas), Lousã (3), Miranda do Corvo (3), Penela (2) e Soure (2);
2.ª Outros docentes de escolas associadas e entidades protocoladas do Nova Ágora - CFAE, por ordem de inscrição;
3.ª Outros docentes, por ordem de inscrição.

OUTRAS OBSERVAÇÕES:
1 - N.º máximo de formandos a selecionar: 20
2 - Só serão consideradas válidas as inscrições no âmbito das prioridades de seleção definidas (consultar PRIORIDADES DE SELEÇÃO)
3 - A inscrição on line é uma pré-inscrição a qual só é validada com a confirmação dos dados nos serviços administrativos da escola do docente/não docente e com a aceitação da ficha de inscrição pelo CFAE.
4 - Deve verificar a sua seleção, no prazo indicado, na página do CFAE. Os inscritos não selecionados não serão contactados.
5 - Em caso de número insuficiente de inscrições, o CFAE reserva-se o direito de cancelar a formação;
6 - A calendarização pode vir a sofrer alterações;
7 - A inscrição na formação pressupõe a aceitação de que, para efeitos dos procedimentos relacionados com a formação, será prioritariamente notificado(a) através de correio eletrónico.
 
Avaliação
  Os formandos serão sujeitos a uma avaliação contínua por observação e formulação de perguntas e ainda a realização de um relatório final.

Os critérios a utilizar são:
• Domínio dos assuntos (aplica os conhecimentos)
• Progresso
• Participação
• Responsabilidade
• Relações interpessoais
• Generalização dos saberes (transfere ou generaliza os saberes adquiridos a novas situações)
• Empenho
• Organização
• Autonomia
• Iniciativa

Estes critérios incidirão nos seguintes parâmetros:

PARTICIPAÇÃO no Trabalho Presencial – 50%
• Interesse e empenho (20 %)
• Participação ativa e domínio dos conteúdos (30%)

TRABALHO DESENVOLVIDO JUNTO DOS ALUNOS – 50%
• Dinamização das sessões de empreendedorismo junto dos alunos (35%).
• Envolvimento e empenho no apoio ao momento final do projeto (15%)
 
Avançar